marketing

Hoje vamos falar um pouco sobre Marketing. Está incrível ferramenta que ajuda profissionais e empresas a alcançarem com efetividade seu público alvo.

Contextualizando o Marketing partindo do Kotler: “Marketing identifica necessidades e desejos não realizados. Ele define, mede e quantifica o tamanho do mercado identificado e o potencial de lucro. Ele aponta quais os segmentos que a empresa é capaz de servir melhor e que projeta e promove os produtos e serviços adequados.

Assim como a Comunicação, a Tecnologia e o Comportamento o Marketing também evolui e muito. Com o intenso consumo pela internet criaram-se formas de se fazer Marketing dentro do veículo de comunicação.

Em uma rápida descrição abaixo demostramos a diferença entre o Marketing tradicional e o Marketing de hoje.

O Marketing Outbound também conhecido com promoção tradicional baseado-se em comercias de televisão e rádio, anúncios em jornais impressos e divulgação por folhetos, cria uma necessidade a partir do produto final. Muitas vezes o consumidor recebe este tipo de mídia de forma negativa pois os mesmos são ofertados sem que houvesse interesse do público. Um exemplo disso é estar passeando pela centro de sua cidade e no caminho se deparar com a sua mão cheia de folhetos que você não tem ideia do que se trata apenas recebeu por educação.

Já o Marketing Inbound, o marketing de hoje de conteúdo tem como proposta trabalhar uma necessidade já existente, ou seja o próprio cliente busca  informações, dicas e soluções sobre determinado produto ou serviço. A promoção neste caso é realizada através de conteúdos relevantes bem como presenciamos no meio digital.

Mas como isto pode ajudar nas Vendas?

  1. Geração de Contatos

Quem nunca foi surpreendido pela ligação de um atendente de telemarketing e ficou se perguntando: “de onde essas pessoas conseguem meus contatos?” Essa situação é muito embaraçosa para quem recebe e também para quem faz a primeira chamada nos moldes das listas compradas.

O Inbound Marketing facilita essa etapa, uma vez que as pessoas que serão contatadas conhecem a sua empresa e provavelmente já a tenham como uma referência no assunto, o que torna a ligação ainda mais amigável. Para o vendedor é a oportunidade de evitar respostas agressivas ou começar a ligação fazendo uma oferta equivocada. Além disso, é uma ótima chance de aproveitar o histórico de conversões do seu contato para ter argumentos concretos e diretos ao ponto para quebrar o gelo.

2) Clientes Determinados

Segundo pesquisa da americana Forrester, os clientes  que buscam uma empresa através de formulários de contato web ou via telefone já completaram 75% do processo de vendas através de buscas na Internet ou referências com outros consumidores.  Isso quer dizer que temos clientes mais informados e que buscam sobre o problema no qual estão metidos. Como essas pesquisas são feitas online, a sua empresa precisa estar bem posicionada e oferecer materiais que te tornem referência no assunto.

3. Custo X Benefícios

Já parou para imaginar quanto a sua empresa gasta todos os dias enviando vendedores para fazer abordagens que muitas vezes não convertem em vendas? Ou então, no valor da conta de telefone dos últimos três meses graças às inúmeras ligações inúteis para aquela lista de contatos que você comprou ou construiu procurando por empresas nas ferramentas de busca?

Custos como esses acabam representando uma grande fatia do orçamento no final do mês. Ela poderia ser diminuída com prospecções mais assertivas vindas de oportunidades geradas através da Internet. Outro fator para se ter em conta é o desgaste do vendedor que tem que passar o dia ligando para inúmeros contatos para conseguir agendar uma ou duas reuniões.

Portanto o Marketing Inbound é o mais indicado para alcançar o consumidor de hoje. Comece hoje a aplicar essas táticas e obtenha resultados concretos.

Tenha um ótimo dia. Bons Negócios!