Essa concepção de período difícil é bem relativa no mercado. Por quê? Porque para uns, por exemplo, o final de ano é a época de pico de vendas. Mas para outros é um dos períodos mais secos de toda a estação quando o assunto é consumo.

Pensando nisso, nós separamos para vocês algumas medidas que se tomadas podem ajudar bastante no aumento de suas vendas.

PROSPECTOS E CLIENTES

Existem empresas que não conseguem se contentar com os clientes que adquiriram e querem sempre prospectar mais. Isso é muito importante, é claro. Captação de novos consumidores é sempre bom, aumenta as chances de você ter mais clientes fixos. Mas, e aí? O que você está fazendo com aqueles que já conseguiu obter e que possuem um relacionamento de meses com a sua empresa?

A maior besteira é esquecer dos nomes que já estão fidelizados. O que muita gente considera é o seguinte: eles já são nossos “fregueses”, não precisamos fazer mais nada. Muito errado, mas muito errado mesmo!

Essa é a primeira atitude de quem é acostumado a perder clientes e não sabem o porquê. Dê atenção àqueles que já estão há um bom tempo num relacionamento comercial com você.

Principalmente quando estamos falando de tempos difíceis. Quem você acha que é mais propenso a ficar solicitando seus serviços quando chegar o período difícil? O cliente mais antigo ou mais recente? O mais antigo, é claro! A conexão entre vocês já está bem mais forte do que era no início.

Então, quando chegar aquela epocazinha bem chata, intensifique o relacionamento com esses nomes. Sempre mostre através de serviços e atitudes que eles são sortudos por terem achado a sua marca no mercado!

E quanto às leads? Bem, continue empenhado nessa época, porque a sua concorrência vai estar. Então, foque-se mais do que nunca, aproveite bem as suas ferramentas e técnicas de captação de leads e funil de vendas.

Tempos difíceis significam trabalho com esforço redobrado. Porém, há algo que você pode fazer antes de chegar essa época: fidelizar o maior número de clientes. Isso é primordial. E é por esse motivo que você deve focar 60% em fidelização e relacionamento, 40% em prospectar.

PERSONALIZAÇÃO DE ATENDIMENTO PARA VENDER MAIS

O tratamento que os consumidores recebem é tudo, mas para chegar até este ponto, você precisa se aperfeiçoar em várias outras áreas. Uma delas é a pesquisa de personalidade, necessidades e desejos que um prospecto pode ter. Simplesmente saiba que isso pode levar a sua empresa a um nível inimaginável.

A não ser que você seja um visionário ou ambicioso que almeja o topo e já imaginou bastante…

Mas, enfim, personalizar o atendimento com base em informações de qualidade sobre o público-alvo é uma das sacadas que sempre dá certo. E como isso pode ser feito?

Ah, existem as redes sociais, a ferramenta de busca de palavras-chave pelo AdWords, entre outras. Mas, existem duas técnicas que são infalíveis quando o assunto é oferecer o que o cliente quer.

A primeira é mandar um e-mail com um questionário simples como o do Survey Monkey, por exemplo. Diga que está recolhendo informações para um novo produto e consiga o que tanto quer. A partir disso, segmente a sua lista de e-mails e pronto, você já sabe como tratar cada cliente e prospecto.

Outra técnica é a coleta de dados, históricos, hábitos, vontades, enfim, tudo, através de um software de CRM. O que você terá em mãos será um verdadeiro oráculo. Só experimente e veja dar certo. É como se um mundo de possibilidades fosse aberto.

E realmente é…